quinta-feira, 15 de abril de 2010

En(laço)


Laço
tuas raízes em minhas pernas.
Encravo
meu aço na tua rosa.
Enlaço
nas correntes fluidas do teu sexo.
Melaço
o teu eco com açúcar.



(Alan Félix)