segunda-feira, 20 de abril de 2009

Chuvisco



Da sua mão gota de chuva,

ficou a umidade

na minha face.


Daquele toque de orvalho

dos seus dedos

nos meus lábios sedentos

sobrou o refresco amado.


Do seu afago molhado

na minha face

senti aquele frio

do fim de março.


(Alan Félix)



p.s: poema dedicado a Diana (Dica), por ser mais uma louca-compulsiva-viciada por escrever, adorei te conhecer "roxa".