quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Mergulhar


Penso na desarmonia sútil
que existe na linha tensa
da nossa vida.

É corda bamba perigosa,
passeio no precipício.
É o prólogo da harmonia no fim.

(Alan Félix)