terça-feira, 5 de janeiro de 2010

O Esconderijo.


para Fernanda Rocha

Quando a noite transborda
a casa.

A luz do poste do coração ilumina
a solidão.

Escondo-me na favela dos seus olhos.

(Alan Félix)