segunda-feira, 20 de julho de 2009

Mar & Ira

O teu mar avançou
sobre nossa cama.

Afogou meu corpo
na vereda do seu ardor.

Cobriu-me com espuma
nascida do seu lábio.

Adornou meus cabelos
com conchas e corais.

Embelezou-me com plâncton,
para brilhar como estrelas do mar.

Tragou-me como mistério
do mar indecifrável.

Flutuou na nau
de suas ondas etéreas

Afundou-me como quem beija
os recifes de seus lábios.

(Alan Félix)